Seja Bem Vindo (a)!

Você está no portal do Ministério Perfeito Louvor, um Ministério de evangelismo que tem como princípio a pregação de salvação, cura e libertação de vidas.

O intuito de nosso Ministério, é fazer com que a palavra de Deus seja pregada em todos os cantos da Terra, levando o evangelho de Cristo para todos os povos. E através do trabalho que estamos fazendo, vidas tem sido restauradas, famílias tem sido abençoadas, e pessoas estão sendo curadas pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo.

Saiba mais sobre o Perfeito Louvor.

Destaques

12/01/2013

Dois irmãos se amavam profundamente. Ambos eram agricultores e viviam a
curta distância um do outro.

Certa noite o mais velho deles, assentado junto à lareira com sua
família, disse de si para si: "meu irmão deve estar sozinho, nem tem
esposa e nem filhos. Eu tenho mais do que ele. Tomarei alguns grãos do
meu campo e os levarei à ele sem que ele o perceba".

Porém de sua parte, o outro pensou. "meu irmão deve estar em apertos
econômicos. Eu não tenho esposa nem filhos e nem de quem cuidar. Ele
necessita muito mais do que eu. Tomarei alimentos do meu campo e levarei
a ele".

Durante várias noites os dois irmãos foram se presenteando assim, com os
frutos da terra. Até que certa vez se descobriram mutuamente. Então,
ambos se abraçaram de emoção, e confessaram que haviam feito isto por
amor.

Quão admirável é a força do amor! Une os corações, dá felicidade aos
lares e torna a vida agradável. Que seria dos seres humanos se o
verdadeiro amor desaparecesse?

Porém se é importante dar e receber afeto entre os nossos queridos, quão
mais necessário é receber o amor de Deus em nossa vida.

Jesus, certa vez, contou uma parábola que retrata o grande amor de Deus.

A parábola está relatada no evangelho de Lucas 15:11-24 - Um homem muito
rico tinha dois filhos. Ele amava os dois profundamente. E tudo o que
ele pode construir na vida, foi pensando no bem estar e no futuro de
seus filhos queridos.

O mais jovem não deu valor ao velho pai. Cansado da monotonia de seu
lar, pediu ao pai parte da herança que lhe pertencia. Pedir a herança
por antecipação era o mesmo que pedir e desejar a morte do pai.

Mas, o pai desse jovem, era um pai de amor. Não ficou ofendido com a
proposta do filho, e lhe deu tudo o que teria por direito.

Com muito, mas muito dinheiro, aquele moço saiu pelo mundo em busca de
prazeres, amigos e mulheres. Com certeza gastou todo o seu dinheiro com
jogos e glutonaria. Ele realmente havia se esquecido dos ensinos daquele
bom pai.

Enquanto tinha dinheiro para esbanjar, todos eram seus amigos. Mas, como
os bens terrenos são passageiros, e o que perdura são as coisas
espirituais, o dinheiro foi acabando. E acabou.

Houve naquela terra uma grande fome, e como tinha gasto todo o dinheiro,
não tinha com o que comprar alimento. Os amigos se foram. As mulheres
desapareceram. E tudo que antes era muito fácil por causa do dinheiro,
agora era insuportavelmente difícil.

A única coisa que ele conseguiu, foi apascentar porcos. E apascentar
porcos não era nada agradável. Sua fome era tanta que ele se alimentava
da lavagem que os porcos comiam.

E veio à sua mente o seu antigo lar, onde todos comiam e bebiam. Até os
jornaleiros de seu pai comiam bem. Ele pensou: "O que é que estou
fazendo aqui, irei falar com meu pai e direi a ele que pequei, contra os
céus e contra a terra e que não sou digno de ser chamado Seu filho e que
quero trabalhar para ele."

Armou-se de toda a coragem e foi. E é aí que vamos conhecer o amor do
Pai. Imagine um pai sentado na varanda esperando o seu filho. Todos os
dias acordava com esperança de que esse filho voltasse.

E todos os dias ele espera, mas, em vão. Porém, naquele dia enquanto
estava sentado, viu um vulto conhecido. Estava maltrapilho, mas ele
conhecia aquele andar.

O coração do pai palpitava de alegria. Correu ao encontro do filho.
Mesmo não estando cheirando bem, ele abraça o filho, e o beija. Manda
que lhe coloquem uma veste limpa, que lhe dêem um anel e que lhe
preparem uma mesa farta. Que matem aquele bezerro que ele vem preparando
para este dia maravilhoso.

A Bíblia declara que o pai disse: ". . . Comamos, e alegremo-nos; porque
este filho estava morto e reviveu, tinha-se perdido e foi achado." Lucas
15: 23, 24.

Imagine você, a alegria de Deus, quando nós pecadores, voltamos para os
seus braços.

O nosso Deus é um Deus de amor, bondade, compaixão e misericórdia, e
como o pai da parábola, Ele está de braços abertos nos esperando.

E é tão fácil. É só aceitar o convite e sair correndo para abraçar um
Pai que nunca se esquece de seus filhos.

Receber o abraço e o perdão do Pai é nada mais nada menos que
experimentar as graças do amor.

01/02/2013

Hoje (01/02/2013) por volta de meio dia, quando estava passando pela sala de minha
casa, vejo uma reportagem na televisão, onde dizia que um jovem foi morto por um
amigo, por causa de R$40,00. Veja abaixo a reportagem escrita:

Jovem morreu por não ter dinheiro para emprestar para o amigo

Um jogador de futebol, Leonardo Gomes, de 17 anos, foi assassinado a
facada em guas Lindas de Goiás, na região do Entorno. Ele foi morto
porque não tinha dinheiro para emprestar ao suspeito do crime, que era
seu amigo.

Quando viu que jovem não tinha o dinheiro pra emprestar, o suspeito,
também menor de idade, foi a uma loja e comprou uma faca. Ele voltou ao
encontro do amigo e atacou o adolescente com um único golpe.

A avó da vítima, Maria Gomes, lembra que o neto chegou a pedir o
dinheiro a ela para emprestar ao amigo. Ela já estava contando as
moedas, mas não houve tempo de atender ao pedido do neto.

- Eu já tinha entregado 40 moedas de R$ 1 para o meu neto que ia
entregar. Mas ele queria o cartão e o meu neto não deu. Quando eu olhei,
os dois já estavam brigando.

Leonardo estava participando de um teste para tentar uma vaga como meio
de campo do Noroeste, time da segunda divisão de São Paulo. O
adolescente morava com a avó desde criança, quando a mãe morreu. Com o
dinheiro que ganhava jogando bola, o jovem já ajudava a família.

A polícia já investiga o caso, mas o suspeito ainda está desaparecido.

Fonte: R7 DF

O que me deixa triste com essa situação, é que esse jovem que foi morto,
independente de seu credo religioso, a sua vida foi violentamente
valorizada por R$40,00. Mesmo não sendo Cristão, já da para saber, que
uma vida vale mais do que quarenta reais, ou mais do que qualquer valor
em dinheiro. Da para saber, que aquele jovem tinha um futuro promissor,
sonhos, metas e até mesmo promessas de grandes conquistas. Mas por causa
de quarenta reais, não poderá mais viver para alcançar os seus sonhos e
metas.

Agora o que me chama atenção, é que o jovem foi morto por um suposto
amigo. Com um amigo desses, nós podemos viver em paz? É por isso que a
nossa confiança deve ser somente depositada em sua exatidão em Cristo
Jesus. Segundo ponto que me chama atenção, é que aquele amigo deu o
valor de R$40,00 para o jovem morto. Já Jesus Cristo, valorizou a nossa
vida, a nossa alma por preço de sangue. Em quem devo confiar mais? Em um
amigo que pode nos matar por nada, ou em Jesus que morreu para que nós
pudesse-mos ser salvos? Quem é o amigo verdadeiro? O que mata, ou que da
a vida para que o próximo seja salvo? Qual é o seu preço por uma vida?
ficar sentado em casa, ou ir para as ruas pregando o amor de Jesus
Cristo, impedindo que mais vidas como essa sejam tiradas? Você sabia que
quando você não evangeliza, você ajuda que vidas sejam valorizadas por
um preço de quarenta reais? Você e eu temos parte na culpa, e será
cobrado de nós. Jesus irá nos perguntar "Por que você valorizou aquelas
vidas por um preço em dinheiro, enquanto eu paguei com o preço de meu
sangue?".

Quanto vale uma vida para você? Se você acha que uma vida vale muito
caro, por que então está aí sentado, tranquilo pensando somente em sua
salvação, enquanto outras vidas como essa estão sendo tiradas? Procure
valorizar mais o seu próximo. Talvez você me diz que ajuda muito, doando
uma sesta básica, que geralmente é composta por arroz e feijão de
terceira, e ajuda com roupas velhas que já estão rasgadas que nem você
mesmo usa. talvez você ajuda dizendo que Deus vai ajudar, e você não
move um dedo para mudar a situação de uma pessoa. Talvez você oferece um
almoço, mas não oferece a oportunidade de Jesus trabalhar em um coração,
através de uma palavra sincera de amor. Procure valorizar mais as vidas,
valorize com amor, não rebaixe o próximo com o resto que você joga fora,
mas com o melhor que você gostaria de usar. Não queira que a salvação
seja dada somente para você, mas queira que a salvação seja para todos
em seu redor. Levante, saia para fora, você tem uma missão de ir por
todo o mundo e pregar o evangelho, e não ficar dentro de quatro parede.
Cumpra com o ide e pregue a palavra de Deus! Se alguém tivesse pregado o
evangelho com intensidade para o jovem assassino, será que ele teria
valorizado a vida de seu "amigo" num valor de quarenta reais? Ele não é
o mais culpado, mas nós que ficamos acomodados, sentados e bem
tranquilos sem agir como verdadeiros Cristãos.

Quero que essa palavra toque em seu coração. eu gostaria que após essa
leitura, você pudesse mudar um pouco o seu modo de viver, e ver as
coisas. Gostaria eu, que ao invés de ficar apenas sentado, ou apenas
indo para igreja aos Domingos, você pudesse sair nas ruas falando do
amor de Cristo. Será que você pode valorizar mais as vidas que estão lá
fora?

Henrique Café

Pedido de oração

Preencha corretamente com o seu nome, para termos facilidade ao colocarmos você em nossas orações.
Preencha com sua cidade/estado, para facilitar na hora de sua identificação.
Preencha com o seu e-mail, pois gostamos de lhe responder, falando a respeito do seu pedido de oração.
Escreva o motivo do seu pedido de oração, colocando os nomes das pessoas que estão relacionadas ao seu pedido. tenta ser o mais claro possível.

Anúncios

style="display:inline-block;width:728px;height:90px"
data-ad-client="ca-pub-3675268890248968"
data-ad-slot="1936598335">

Peça sua música

Localização

Vertical Tabs